Nos anos 70, andei por terras estranhas, evitando os justiceiros de minha cidade! Aportei numa bela cidade, que me acolheu!Era o ano do cinquentenário e festas rolavam! No dia do aniversário, a Prefeitura espalhou dezenas de caixas de som pelas ruas e praças, para transmissão do Deputado Federal, que faria solene pronunciamento da tribuna, pela VOZ DO BRASIL! Era um bom político, nascido de liderança rural, honesto e atuante! Na hora aprazada, S. Exa. iniciou o discurso, enaltecendo a cidade e a data. Começou recordando os bons tempos do desbravamento da área! Lembrou que ele mesmo ” pegara muitos veados ” atrás da catedral! Seguiu informando que vendia abóboras por poucos centavos e, agora, ” pu taiada “, o povo pagava vários cruzeiros! Na ocasião, se falava muito em melhorar a renda do campo com o café solúvel, mas ninguém ” conseguia as muda do tal café ” e ele já estava cuidando de resolver o problema! Como a PITA era nativa na região, clamava pela instalação de indústria adequada, ” porque lá a pita abunda, ou melhor, abunda apita ” !!! Não foi reeleito!!!! Injustiça!!!!